Poesia reunida (1983-2013)

R$ 52,00

Sempre esperamos encontrar em um poeta contemporâneo uma distensão da tradição discursiva, um arranjo particular dos recursos expressivos que conhecemos pelo uso que deles fizeram outros poetas, bem como uma particularidade, uma voz individual calçada em uma experiência particular. Edival Lourenço é um poeta de recursos extensos e os trinta anos de sua trajetória poética não deixam dúvida da relevância de sua contribuição. (Iuri Pereira)

Descrição

Sempre esperamos encontrar em um poeta contemporâneo uma distensão da tradição discursiva, um arranjo particular dos recursos expressivos que conhecemos pelo uso que deles fizeram outros poetas, bem como uma particularidade, uma voz individual calçada em uma experiência particular. Edival Lourenço é um poeta de recursos extensos e os trinta anos de sua trajetória poética não deixam dúvida da relevância de sua contribuição. Iuri Pereira

Edival Lourenço (1952) é escritor, atual presidente da União Brasileira de Escritores de Goiás. Publicou livros de poesia, crônica e romance. A centopeia de neon recebeu o Prêmio Nacional de Romance do Estado do Paraná (1994). Em 2008, foi agraciado com a Comenda Jorge Amado, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, pelo conjunto da obra. Naqueles morros, depois da chuva ganhou o segundo lugar de romance do Prêmio Jabuti de 2012. Edival Lourenço é o escritor goiano mais premiado no cenário nacional, com uma obra densa e multifacetada, em que o diálogo com a tradição e a modernidade é permeado por sua dicção humorística peculiar.

Informação adicional

Ano

2014

Área

Poesia

Autor

Edival Lourenço

Característica

Brochura

Dimensão

14 x 21 cm

Edição

ISBN

978-85-67773-04-9

Páginas

400